Como funciona aposentadoria por tempo de contribuição transição pedágio 50?

Como funciona aposentadoria por tempo de contribuição transição pedágio 50?

Como funciona aposentadoria por tempo de contribuição transição pedágio 50?

50% de 1 ano equivale a 6 meses de pedágio. Deste modo, Paulo terá que trabalhar mais 1 ano e 6 meses para que consiga se aposentar nesta Regra de Transição. Assim, se Paulo continuasse recolhendo ininterruptamente desde o dia 19, ele conseguiria se aposentar em maio de 2021.

O que é a regra de transição para aposentadoria?

A Regra de Transição, como o nome sugere, traz requisitos mais suaves em relação à regra definitiva da nova lei. Isso significa que quem estava perto de se aposentar nesta modalidade de benefício terá direito a entrar na Regra de Transição.

Como calcular aposentadoria pela regra de transição?

O cálculo para se aposentar ficou igual ao da regra geral da previdência, também aplicado na transição por idade progressiva: 60% da média de todos os salários desde 1994, mais 2% a cada ano de contribuição que ultrapasse 20, para homens, e 15, para mulheres.

Como se faz a contagem de pontos para aposentadoria?

O cálculo para aposentadoria por pontos será feito com a média de todos os salários desde julho de 1994. Dessa média, o valor recebido será 60% mais 2% ao ano, acima de 20 anos de contribuição para os homens ou acima de 15 anos de contribuição para as mulheres.

Qual a regra de transição com pedágio?

  • Após a reforma da Previdência, a atualização do fator previdenciário ficou restrita à regra de transição com pedágio de 50%. Essa regra vale para trabalhadores que, em 13 de novembro de 2019, já tinham acumulado períodos de contribuição entre 28 e 30 anos (mulheres) ou entre 33 e 35 anos (homens).

Qual regra de transição da aposentadoria é melhor para você?

  • Como saber qual regra de transição da aposentadoria é melhor para você? A reforma da Previdência muda as regras da aposentadoria do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) e traz algumas opções de transição para quem já trabalha, mas não vai poder se aposentar antes de as alterações entrarem em vigor.

Qual a regra de pedágio?

  • A regra de 50% de pedágio é aplicada apenas aos segurados do setor privado. Já a regra de transição com cumprimento de 100% de pedágio, pode ser aplicada tanto aos segurados do setor privado quanto aos dos servidores públicos.

Qual a idade progressiva para aposentadoria?

  • As regras dos pontos e da idade progressiva vão contemplar quem está um pouco mais longe da aposentadoria, mas nem tanto, evitando que alguns tenham que cumprir as novas idades mínimas, de 62 anos para as mulheres, e 65 para os homens. A última regra é melhor para quem já planejava se aposentar por idade e tem menos tempo de contribuição.

Postagens relacionadas: