Qual o significado de externalidades negativas?

Qual o significado de externalidades negativas?

Qual o significado de externalidades negativas?

A externalidade negativa é o termo utilizado para descrever os efeitos colaterais negativos que podem derivar da criação de um produto ou da execução de um serviço, partindo conscientemente ou não dos seus agentes responsáveis.

Qual a diferença entre externalidade positiva e negativa?

Uma externalidade positiva ocorre quando a ação de um indivíduo beneficia pessoas que não participaram diretamente dessa troca. ... Por outro lado, uma externalidade negativa impõe um custo sobre terceiros.

Quais são os efeitos das externalidades?

  • As externalidades podem ter efeitos positivos ou negativos, isto é, podem representar um custo para a sociedade, ou podem gerar benefícios à mesma. Um exemplo típico de externalidade negativa é a da fábrica que polui o ar, afetando a comunidade próxima.

Como foi desenvolvido o conceito de externalidade?

  • O conceito de externalidade foi desenvolvido pela primeira vez pelo economista Arthur Pigou na década de 1920. O exemplo prototípico de uma externalidade negativa é a poluição ambiental.

Quais são as externalidades de uma intervenção governamental?

  • A presença de externalidades é frequentemente considerada um argumento prima facie para intervenção governamental corretiva. Em The Economics of Social Welfare, A.C. Pigou distinguiu entre o produto privado líquido de uma atividade e o produto social líquido (que leva em consideração todas as externalidades).

Qual a externalidade de terceiros?

  • Existe uma externalidade quando há consequências para terceiros que não são levadas em conta por quem toma a decisão. Geralmente, refere-se à produção ou consumo de bens ou serviços sobre terceiros, que não estão diretamente envolvidos com a atividade.

Postagens relacionadas: